2019 é um bom ano para investimento imobiliário. De acordo com os especialistas, a economia está crescendo novamente e as tendências e oportunidades no mercado surgem quase que diariamente. Investir em imóveis é seguro e rentável, a melhor forma de obter bons resultados.

Quando falamos em mercado imobiliário, nada melhor do que números para comprovar. No último dia 26 de agosto, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) apresentou um relatório mostrando que os lançamentos e as vendas aumentaram no segundo trimestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado, como resultado da redução do estoque de imóveis residenciais novos. 

Ainda conforme o levantamento da CBIC, os lançamentos de imóveis também cresceram: subiram 11,8% e atingiram 30.607 unidades. As vendas tiveram acréscimo de 16% e chegaram ao número de 32.813 unidades.

Pode-se perceber que houve um aumento maior de vendas do que lançamentos, por isso o estoque (imóveis na planta, em obras e recém-construídos), diminuiu 8,7%. Com a boa aceleração do mercado de imóveis, o preço dos imóveis também subiu: foi registrado um aumento de 8% acima da inflação desde o ano de 2017, quando iniciou a pesquisa da CBIC. 

investimento imobiliário crescimento

1. Projeção do mercado imobiliário

Os especialistas em mercado imobiliário fazem boas projeções para 2019. Separamos as mais importantes sobre rentabilidade e preservação do patrimônio para que você possa analisá-las:

1.1 Rentabilidade do investimento imobiliário

Se você comprar uma casa ou um apartamento para revender na busca de ter um lucro, mas não conseguir, você ainda pode alugá-lo e ter uma renda extra mensal.

1.2 Preservação do patrimônio

Como o imóvel estará em seu nome e por se tratar de um bem físico, dessa forma o investidor se sente mais confiante do que apenas ter o dinheiro guardado no banco.

crédito imobiliário

2. Nova linha de crédito disponibilizada pela Caixa

A crescente no mercado imobiliário aparece também nas linhas de crédito oferecidas pelos bancos. Está disponível desde o último dia 26 de agosto, a linha de crédito imobiliário atualizada pela inflação da Caixa Econômica Federal

Você sabe como funciona? 

É simples! O cliente vai poder optar por uma das duas modalidades: pelo sistema que leva em conta a Taxa Referencial (TR) ou pelo novo modelo, que considera o IPCA. Mas, como saber qual é melhor? Vamos levar em conta um imóvel no valor de R$ 360 mil, financiado pelo prazo máximo, de 30 anos. 

Pelo sistema corrigido pela TR, com juros mínimo na Caixa Econômica Federal de 8,5% ao ano, ou 0,68% ao mês, assim cada parcela sairia pelo valor de R$ 3.450, somando a amortização e os juros. Todavia, Já no sistema novo, a taxa cai para pelo menos 2,95%, e 0,24% ao mês, e a primeira parcela fica em R$ 1.860. Mas, cuidado!

É preciso levar em conta a correção monetária. A TR tem, em seu cálculo, um redutor muito forte. Isso faz com que a taxa zere quando a inflação está de 4,5% ao ano para baixo.

 

Está pensando em investir em imóveis da São Paulo (SP)? 

Então você precisa conhecer os imóveis disponíveis na Zimmermann Imóveis

A imobiliária possui casas, apartamentos e conjuntos comerciais para  todos os gostos, estilos e bolsos. Aproveite o crescimento do mercado e invista bem o seu dinheiro.